Tombos – MG

Tombos é uma cidadezinha na zona da mata mineira, bem na divisa com o estado do Rio de Janeiro, ao norte. O nome da cidade faz referência às três quedas d’água (tombos) do rio Carangola. Com 62 metros de altura, a cachoeira é a maior da zona da mata e a 5ª maior em volume de queda d’água do país.

Descobri a cidade há mais ou menos 4 anos quando meu ex ganhou uma garrafa de cachaça de lá. No rótulo tinha a imagem de uma cachoeira linda. Pesquisei na internet e achei fotos maravilhosas e já entrou na minha lista de lugares pra conhecer. Esse ano pouco antes de viajar pra Itaperuna, no noroeste fluminense onde tenho parentes, resolvi dar uma “googlada” pra ver o que tinha próximo a cidade e que eu poderia conhecer. Qual não foi minha surpresa ao descobrir que Tombos ficava a apenas 1h de viagem de lá.

boradescobrir_tombosmg
Hotel Serpa – prédio de 1893

Fomos num domingo de carnaval à tarde. O centrinho da cidade é uma graça com ruas de paralelepípedo e algumas construções antigas, inclusive o prédio onde funciona a rodoviária era uma estação ferroviária. Demos uma volta pra tomar sorvete e açaí. O povo tava animado, fantasiado, havia algumas barraquinhas e um palco onde provavelmente ocorreria algum show à noite. Não ficamos muito tempo por lá, pois confesso que minha curiosidade maior era com a cachoeira e logo voltamos pra estrada.

boradescobrir_tombosminasgerais
Antiga estação ferroviária da cidade

O acesso se dá por uma estradinha de terra de mais ou menos 2Km antes da entrada da cidade. Ao final da estrada está o acesso e o prédio da PCH (Pequenas Centrais Hidrelétricas) de Tombos. Mais a frente se tem a vista de tirar o fôlego da cachoeira. Não é permitido banho, é só pra apreciar mesmo, acho que a correnteza nesse ponto também nem permitiria. Duas esculturas em homenagens aos índios, primeiros peregrinos do Caminho da Luz, esculpidas por Afonso Barra estão na margem da cachoeira. Saindo da propriedade da PCH e seguindo um pouco mais a frente há um ponto do rio onde as pessoas tomavam banho.

boradescobrir_pchtombosmg
PCH Tombos

Na cachoeira de Tombos se inicia o Caminho da Luz, conhecido como o Caminho de Santiago de Compostela brasileiro. O percurso tem aproximadamente 200km de extensão, iniciando na cidade de Tombos em Minas Gerais e finalizando no Pico da Bandeira, na cidade de Alto Caparaó, no estado do Espiríto Santo. O caminho é administrado pela Abraluz (Associação Brasileira dos Amigos do Caminho da Luz) que credencia os caminhantes, sinaliza a rota e cuida de outros detalhes. Leva-se de 4 a 8 dias para percorrer todo o caminho. O credenciamento é feito no Hotel Serpa, no centro de Tombos. Todas as informações sobre o Caminho da Luz podem ser obtidas nesse site

http://www.caminhodaluz.org.br/. Tá na minha lista. Um dia vou fazer 😉

boradescobrir_cachoeiratombos

Facebook Comments

Deixe uma resposta