10 filmes para inspirar viagens

Essa semana tem feriadão! Já definiu seu destino? Que tal viajar sem sair de casa e se inspirar para a próxima viagem? Preparei uma lista de filmes com paisagens maravilhosas que vão te deixar ansioso(a) pra por o pé na estrada.

1 – Mudança de Rota (2014) – México

Mudança-de-rota
Filme Mudança de Rota – Imagem: Google
riviera-maya
Tulum na Riviera Maya – Imagem: Resorts Online

Nicte (Sandra Echeverría) é a melhor guia de turismo da Riviera Maya e seus passeios são um sucesso. Quando a empresa de turismo em que ela trabalha é adquirida por um grupo internacional, sua vida muda por completo. Não concordando com as novas políticas da empresa, ela decide chutar o balde e abrir seu próprio negócio. Porém essa tarefa não será  tão fácil assim.

Uma comédia romântica bem leve e com um enredo meio bobo até, mas vale pela mensagem ambiental que o filme passa e pelas belíssimas paisagens da Península de Yucatán, na Riviera Maya com suas praias paradisíacas e cenotes deslumbrantes. Disponível na Netflix.

2 – Sob o sol da Toscana (2003) – Itália

under-the-tuscan-sun-movie-poster-2003-1020200974
Sob o sol da Toscana – Imagem: Google
toscana_boradescobrir
Toscana – Imagem: Viva o Vinho

Baseado em livro homônimo, Sob o Sol da Toscana conta a história de Frances Mayes (Diane Lane) uma escritora bem sucedida de San Francisco que vive feliz até o dia em que descobre que o marido tem um caso e se divorciam. Ela ganha de presente de sua melhor amiga e sua companheira uma viagem para a Toscana. Durante a viagem ela fica encantada com o clima da região e decide abandonar a excursão e comprar uma casa antiga caindo aos pedaços. A partir de então começa uma nova vida. O filme mostra as paisagens encantadoras da Toscana com seus campos, arquitetura, gastronomia. Teve como cenário as cidades Siena, Cortona e a cidade de Positano, na Costa Amalfitana que fica um tanto distante da Toscana. Os rapazes do blog Viagens Cinematográficas em viagem à região fizeram um roteiro baseado no filme, vale conferir.

3 – Falando Grego (2008) – Grécia

movieposter
Falando Grego – Imagem: Google
santorini-hd-wallpaper-for-desktop-background-download-santorini-images
Santorini – Imagem:  Santorini Crystal Blue Suites

Georgia (Nia Vardalos) é uma americana com descendência grega que foi para a Grécia dar aula de história numa faculdade, mas acabou desempregada e o único emprego que conseguiu foi de guia de turismo. Ela odeia o seu trabalho e os turistas e ainda tem que concorrer com seu colega de trabalho que sempre se dá bem ficando com os melhores gupos. Acontece que Georgia está mais interessar em dar aulas de história grega que guiar o grupo, tornando a viagem chata. Ela decide fazer sua última viagem e voltar para os EUA, mas as coisas acabam mudando. As paisagens do filme mostram ruínas de templos da Grécia antiga algumas emolduradas pelo Mar Mediterrâneo. A excursão percorre Atenas, Olímpia e Delfos.

4 – Homens são de marte…e é pra lá que eu vou (2014) – Imbassaí – BA

5540_d_iphone
Cartaz do filme – Imagem: Google
imbassai-f1-2012
Imbassaí na Bahia – Imagem: Gazeta do Povo

Fernanda (Mônica Martelli) é uma solteirona entrando na casa do 40 que está a procura do seu par perfeito. Ironicamente ela é cerimonialista. Depois de sofrer mais uma decepção amorosa, ela parte com sua melhor amiga pra dar um tempo na vida na Bahia. Os locais escolhido foram a paradisíaca Imbassaí e a Vila de Santo Antônio , no litoral norte baiano. O cenário encanta não só pelo mar, pelos coqueiros, mas também pelas lagoas de água doce formada pelo rio da região. Eu não curti muito o enredo do filme, mas valeu a pena assistir só pra “viajar” nesse paraíso.

5 – Muita calma nessa hora (201) – Búzios – RJ

calma-nessa-hora-570x577
Imagem: Google
221988139-G
Estátua de Brigitte Bardot – Imagem: Búzios Online

Depois de pegar seu futuro marido na cama com outra, Tita (Andréia Horta) decide partir para Búzios com as amigas Mari (Gianni Albertoni) e Aninha (Fernanda Souza) para passar o fim de semana no que seria sua lua-de-mel. No cenário alem das badaladas praia de Geribá e rua da Pedras, também aparecem a praia dos Ossos, onde é a casa em que estão hospedadas, e a praia Olho de Boi, uma praia de naturismo que é onde rola uma das cenas mais quentes do filme. Disponível no Netflix

6 – Ressaca de amor(2008) –  Havaí

Ressaca de Amor
Imagem: Google
honolulu_havai_boradescobrir
Ilha de Oahu – Imagem: City Discovery

O compositor Peter Bretter (Jason Segel) fica arrasado após sua namorada Sarah Marshall (Kristen Bell) terminar o relacionamento de 5 anos. Seu irmão Brian (Bill Hader) o aconselha a fazer uma viagem para curar suas mágoas. Peter aceita a ideia e embarca para a ilha de Oahu, no Havaí onde fica hospedado num resort. Logo que chega a recepção do hotel dá de cara com Sarah e seu novo namorado, o rockstar  Aldous Snow (Russell Brand). O resort cenário do filme é o Turtle Bay Resort que com seu clima tropical festivo e com vistas deslumbrantes do Pacífico o filme faz a gente ter vontade de fazer as malas e partir pro Havaí. Disponível no Netflix.

7 – Na natureza selvagem (2007) – EUA

christopher

kayak_marble_canyon
Caiaque no rio Colorado, Grand Canion – Imagem: Digital Team Works

Baseado na vida Christopher McCandless esse é um filme polêmico: amado por uns e odiado por outros. Eu particularmente gostei bastante do filme não só pelas paisagens, mas também por ter me feito pensar em muitas coisas sobre a vida que levamos.

Christopher McCandless (Emile Hirsch) é um jovem recém formado que no início dos anos 90 decide viajar sem rumo pelos Estados Unidos em busca de liberdade. Passando por Dakota do Sul, Arizona e Califórnia, ele decide ir até o Alaska numa jornada audaciosa.

As paisagens do filme são incríveis e vão muito além do emblemático ônibus que é símbolo do filme.

8 – A lagoa azul (Ilhas Fiji e Jamaica)

lagoa_azul-500x672
Imagem: Google
centro-81506
Lagoa Azul em Port Antonio, Jamaica – Imagem: EcoViagem

Quem não lembra desse clássico da Sessão da Tarde?! Com suas paisagens paradisíacas, o filme marcou as gerações das décadas de 80 e 90.

Emmeline (Brooke Shields) e Richard (Christopher Atkins) um casal de crianças que sobrevive a um naufrágio e cresce em meio aos perigos de uma ilha selvagem desabitada. As crianças crescem e vão descobrindo o amor em meio aquele maravilhoso cenário tropical.

O filme não foi rodado em um só lugar. As locações principais foram as ilhas Yasawas, no arquipélago de Fiji, na Oceania. O local conta até com um resort para fãs do filme, o Blue Lagoon Beach Resort .

Outro local que também recebeu as locações do filme foi Port Antonio, na Jamaica. Uma verdadeira lagoa azul de 122m de extensão e 60m de profundidade, cercada por muito verde.

Quem não gostaria de naufragar num lugar desses? hahaha

9 – Meia-noite em Paris (Paris)

c0998_-_p_ster_midnight-in-paris
Imagem: Google
giverny-fundacao-claude-monet
Ponte japonesa nos Jardins de Giverny – Imagem: Monique Renne

Gil (Owen Wilson) é um roteirista de Hollywood de férias com sua noiva em Paris. Seu grande sonho é ser escritor e viver na época de ouro dos grandes escritores americanos como F. Scott Fiztgerald e Ernest Hemingway. À noite, quando sai para passear pela cidade ele faz uma viagem no tempo e encontra personagens ilustres dos livros e dos anos 20.

Entre os cenários estão os maravilhosos Jardins de Monet de Giverny, que aparece no cartaz do filme com sua explosão de flores multicoloridas. Jardins esses que foram retratados em diversos quadros do artista, que foi o mais famoso pintor do movimento impressionista.

O Palácio de Versalhes, Museu Rodin, Mercado de Pulgas de Saint-Ouen também aparecem no filme. Esse roteiro também foi explorado pelo Viagens Cinematográficas, vale a pena conferir!

10 – Comer, rezar, amar (Itália, Índia, Indonésia)

19874367
Imagem: Google
Ubud
Templo em Ubud, Bali – Imagem: Marcio no mundo

Baseado no livro homônimo, o filme conta a história da escritora nova-yorquina Liz Gilbert (Julia Roberts) que decide abandonar seu casamento e recomeçar a vida. Ela então parte em uma viagem de um ano pela Itália, Índia e Bali.

A primeira parte do livro/filme, Comer, ela conta sua passagem pela Itália, onde vai pra aprender italiano e se entregar aos prazeres da gastronomia do país. Nessa parte do filme, a escritora passeia por lugares clássicos de Roma como a Fontana di Trevi, Piazza Navona, além de Nápoles.

Na segunda parte, Rezar, ela vai para a Índia, onde se isola em um ashram (uma comunidade voltada para a prática de meditação e evolução espiritual) durante 4 meses, em uma busca espiritual e um reencontro consigo mesma. Ela não explora a Índia, ela fica isolada no ashram durante todo tempo em que esteve lá.

Na terceira e última parte, Amar, Liz aluga um chalé em Ubud, no interior de ilha de Bali, na Indonésia. Lá ela passeia de bicicleta e visita os nativos. Ao contrário do imaginado, essa região fica um pouco distante das praias. O charme do local reside nos campos de plantação de arroz, templos antigos e suas charmosas vilas. Além é claro de vivenciar a cultura local.

Gostou da seleção? Tem algum filme que te inspira viajar? Deixe aqui nos comentários.

Facebook Comments

One Comment on “10 filmes para inspirar viagens”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *